Banquinho de Cogumelo feito com Carretel de linha – Passo a Passo

Hoje, eu vim dividir com vocês minha última criação. Este banquinho reciclado de carretel de linha. Vou colocar as fotos do passo a passo e vou explicando cada etapa. Embora eu ache que as fotos já estejam bem autoexplicativas.

papelão, carretel de linha, banquinho reciclado

Utilizando o próprio diâmetro das bases do carretel, desenhe em um pedaço de papelão dois círculos.

círculos de papelão recortado

Recorte os dois círculos um para cada lado do carretel.

fibra para o banquinho de carretel

Desenhe novamente os círculos. Agora na fibra.

Banquinho reciclado de carretel de linha

Escolha uma fibra mais espessa, para deixar o banquinho mais fofinho.

Banquinho reciclado de carretel de linha

Círculos de papelão e círculo de fibra já recortados. Depois de testado, eu achei melhor fazer dois círculos com a fibra e colar um sobre o outro para aumentar a espessura.

Banquinho reciclado de carretel de linha

Cole os círculos de papelão no carretel. Aqui, eu utilizei a cola branca para Biscuit que era a que eu tinha em casa na hora. Mas, pode ser qualquer tipo de cola que você ache que vai segurar bem.

Banquinho reciclado de carretel de linha

Recorte um círculo de 30 cm no feltro da cor verde para ser a base do banquinho e um círculo de 32 cm na cor vermelha para fazer a capa do assento. Para revestir o centro do carretel, eu cortei 40 cm X 15 cm de feltro verde.

Para fazer o diâmetro de 32cm do feltro vermelho, utilizei a bandeja de vidro do meu microondas. hehe

Para fazer o diâmetro de 32 cm do feltro vermelho, utilizei a bandeja de vidro do meu microondas. hehe

Quis dar uma personalizada no banquinho e transformá-lo em um cogumelo. Assim, recortei bolinhas de feltro branco para decorá-lo.

Quis dar uma personalizada no banquinho e transformá-lo em um cogumelo. Assim, cortei bolinhas de feltro branco e as costurei sobre o feltro vermelho.

Banquinho de cogumelo feito de Carretel

Faça um alinhavo, como se fosse fazer um fuxico para a capa do banco.

Banquinho de Carretel

Faça também um fuxico com o círculo que será a base do banquinho.

banquinho reciclado de carretel de linha

Cole a fibra sobre o circulo de papelão com cola branca. E faça o acabamento entre o centro do carretel e a base. Aqui eu colei um pedaço de feltro de outro tom de verde e sem molde mesmo, fui fazendo estas ondulações. Mas, você pode colocar flores de feltro na emenda.

Banquinho de cogumelo feito de Carretel

Quase pronto…

Banquinho de cogumelo feito de Carretel

Uma abelhinha para dar mais charme ao banquinho.

Banquinho de cogumelo feito de Carretel

Gostaram?

Banquinho de cogumelo feito de Carretel

Aqui em casa, teve gente que já aprovou. hehe

Dica: Para traçar um círculo de qualquer tamanho, amarre um fio em um giz. Segure com uma das mãos onde será o centro do círculo e com a outra mão, gire o giz. Gire o giz com o fio esticado.

 

Anúncios

Como fazer uma Festa Infantil Sustentável, Educativa e Econômica…

Depois de algumas pesquisas sobre festas infantis ecológicas e sustentáveis, reuni um material com dicas bem bacanas de como organizar uma festa amiga do meio ambiente, sem abrir mão da beleza e da diversão. Seguem as dicas:

Preparativos

Planeje-se antes. Faça uma lista de produtos e serviços que você vai precisar e faça uma busca na internet. Se possível, telefone antes para estes estabelecimentos confirmando o estoque destes produtos. Faça comparação de preço entre uma loja e outra. Além de poupar tempo, você irá poupar dinheiro e a quantidade de combustível queimada para rodar atrás dos produtos.

Decoração

Opte por artigos de artesanato, reutilizados ou recicláveis. Faça uso de móveis que você já tenha em casa. Brinquedos dos seus filhos. Objetos de Decoração do quarto das crianças. Louças da família. Evite o uso do plástico e também do isopor (que tem degradação demorada). Escolha algo artesanal ou reciclado, eles dão um toque especial à festa. Se não tiver tempo ou o DIY (faça você mesmo) não é a sua praia, você pode encomendar os itens artesanais de mesa e toalhas de artesãos e/ou cooperativas que trabalham com esses produtos. A locação é uma boa opção, mas melhor que ela é poder adquirir itens que você poderá utilizar na decoração de sua casa ou quarto do seu filho depois.

mundi festas ecológicas

foto: colagem de fotos da internet

Evite balões

No lugar deles, use lustres, guirlandas, bandeirinhas de tecido, balões japoneses. Lembrem-se, papéis como seda e crepom se degradam com maior rapidez. Utilize esses materiais.

foto: colagem de fotos da internet

foto: colagem de fotos da internet

Esqueça os descartáveis

Opte por talheres, pratos e bandejas de material reutilizável como porcelanas, alumínio e vidro. Prefira toalhas e guardanapos de tecidos. Também há empresas vendendo talheres, pratos e copos biodegradáveis. Mas, lembre-se que materiais biodegradáveis, papel ou material pet que utilizados uma única vez, serão mais impactantes ao meio ambiente do que os materiais inquebráveis e reutilizáveis.

foto: colagem de fotos da internet

foto: colagem de fotos da internet

Lembrancinhas

É nessa hora que é preciso pensar em quais valores você está passando para as crianças. Presentear com plantas e brinquedinhos recicláveis é uma ótima opção. É possível transformar o momento de descontração e brincadeira em um grande aprendizado para os convidados. Outra maneira é através de oficinas, motivar cada criança a criar o seu próprio presentinho durante a festa, com materiais reutilizáveis, como sucatas, tintas e papéis. Além de lúdico e educativo será uma experiência divertida.

foto: colagem de fotos da internet

foto: colagem de fotos da internet

Convites

Desde o primeiro momento, é interessante mostrar para seus convidados o seu cuidado em fazer daquela confraternização uma festa sustentável. A melhor opção é substituí-los por convites virtuais (reduzindo o gasto de papel), mas se você ficar com medo de que nem todo mundo vá acessar a caixa de e-mail e prefere entregar o convite em mãos. Nesse caso, dê preferência ao papel reciclado ou ao papel semente. Um tipo de papel que ao ser plantado nascerão lindas flores. E opte por convites de tamanho pré-definido para melhor aproveitamento de folhas na hora da impressão.

Local:

Quando for escolher o lugar onde será realizada a sua comemoração, veja se o vento natural pode ser aproveitado, reduzindo o custo com ventilação artificial e deixando o clima ainda mais agradável. E pense na opção de fazer a festa de dia, ao ar livre para aproveitar a luminosidade do ambiente e reduzir o gasto com energia. Se a festa for ao ar livre, em um sítio, campo, parque ou mesmo no quintal de casa tente aproveitar a paisagem do local, como árvores e plantas na decoração. Procure lugares que oferecem a chance de introduzir seus filhos na natureza.

foto: colagem de fotos da internet

foto: colagem de fotos da internet

Comida:

Evite as frituras no cardápio, prefira alimentos assados, cozidos ou crús. A saúde dos seus convidados agradece e o meio ambiente será preservado com a gordura não desprezada. Espetinhos de frutas ou de legumes cozidos evitam o uso e o desperdício de talheres e guardanapos. Sorvete direto na casquinha também.

Bebida:

Aproveite as frutas da estação e ofereça sucos naturais para os seus convidados. Principalmente sendo estes crianças. Uma forma saudável, prática e muito charmosa de oferecer bebidas aos convidados são as suqueiras. São recipientes de plástico ou de vidro com uma torneirinha que permite a utilização tanto por adultos como por crianças. Assim, reduzimos a produção de lixo com as garrafas pet de refrigerante e as caixinhas de suco. Dentro das suqueiras podem ir sucos naturais, chás gelados ou água.

foto: colagem de fotos da internet

foto: colagem de fotos da internet

Música

Para quem quer apostar no mais sustentável, a música ao vivo é a melhor opção. Instrumentos acústicos e percussão deixam a festa mais intimista.

Flores

Se quiser flores na decoração, pondere na quantidade e vale a pena investir em flores do próprio quintal ou da sua região. Sem esquecer-se de não agredir o ecossistema no qual elas estão inseridas. Folhagens plantadas em vasos é a melhor opção.

Brincadeiras:

Atividades de integração são as melhores pedidas. Portanto, esqueça os brinquedos eletrônicos ou aqueles de parque de diversão. Resgate as brincadeiras simples de antigamente, como dança das cadeiras, caça ao tesouro, esconde-esconde e gincanas. Dê as crianças alguns bambolês, cordas, peões, bolas e petecas e deixe que elas criem as brincadeiras. Há também vários tutoriais na internet de brinquedos reciclados como pé-de-lata e boliches. Brinquedos do aniversariante também podem ser usados na festa. Faça o cantinho da brincadeira ou da leitura, as crianças adoram.

foto: colagem de fotos da internet

foto: colagem de fotos da internet

Resíduos

Se você quer mesmo que sua festa seja sustentável, preocupar-se com o lixo gerado é essencial. Para facilitar, disponibilize cestas da coleta seletiva e incentive os seus convidados a utilizá-las corretamente. Ainda assim, reduza o uso de descartáveis ao mínimo. Os excessos de salgadinhos e comidas fazem parte destes resíduos e não devem ser simplesmente jogados fora. Você pode separar estes excessos e distribuí-los entre os convidados ou em instituições carente.

Para mais informações sobre Sustentabilidade, acesse:

http://www.ecodesenvolvimento.org

Se além de uma festa sustentável, você está buscando por um estilo de vida sustentável, aqui no site do SEBRAE tem dicas bem bacanas.

http://www.sustentabilidade.sebrae.com.br/Sustentabilidade/Dicas